sábado, 16 de junho de 2012

Erros, terríveis erros

Weheartit
"De que serviu tecer flores

pelas areias do chão, 

se havia gente dormindo 

sobre o própro coração?"

[Cecília Meireles]

   Carlos Eduardo caminha pelas ruas cinzas da cidade. É tudo sempre tão monocromático! Não vê mais as arvores grandes e vistosas, crianças brincando nas ruas refletidas do verde, não sente mais aquele cheiro de vegetação, ora vejam só há apenas poluição! 
    No lugar de suas arvores onde jovens meninos e meninas construíram seus balanços e escreveram as iniciais de seus amores só se enxerga agora enormes prédios, ah tudo tão moderno!
    Segue sua trajetória pela cidade, estão erguendo um novo shopping irão destruir a nascente mais bela para que ampliar o projeto. Ele irá sentir falta daquela nascente, foi bem ali que beijou os lábios da mulher amada pela primeira vez! Toda essa modernidade está apagando sua historia. Em breve as imagens daquela cidade só permanecerão em sua memoria até que a mesma pare de corresponder adequadamente.
    Não percebem que junto com as arvores derrubam a possibilidade de adolescentes e crianças que ainda nem chegaram ao mundo de ver aquela beleza de locar, de se divertirem do modo que ele fez.
    Mas não há preocupação para eles, Carlos Eduardo vê a alegria temporária nas faces das pessoas pela modernidade, pelas lojas, são alegrias enganosas vindo de erros, terríveis erros contra a frágil e furiosa natureza que padece em dor e arde em revolta!
     Carlos Eduardo continua a andar, e com um triste sorriso sente pena dos seres humanos que ainda não entenderam que ao matar a natureza matam a si lentamente! 

26 comentários:

  1. textos perfeitos os seus, adorei! Estou seguindo seu blog, beijos

    ResponderExcluir
  2. _Carlos Eduardo continua a andar, e com um triste sorriso sente pena dos seres humanos que ainda não entenderam que ao matar a natureza matam a si lentamente!In tenso grito, se cada um de nós levantar esta bandeira em defesa da indefesa natureza algo pode ser feito, creio q ainda há tempo para reverter a situação, a natureza reage ao natiural porém em tempo q noss a geração na terra não poderá ver, linda e inteligente postagem, pra vc minha linda poetiza bjos, bjos ebjosssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. uau que texto perfeito! Realmente, matando a nós mesmos lentamente ... Só não matamos ainda a esperança!

    http://help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. O Ser Humano se diz tão inteligente, mas continua desmatando, destruindo a natureza, como se não soubessem das consequências.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto Moni, parabéns!
    Devemos preservar o belo, nossa mãe, a natureza!
    Beijos amada.
    Paz.

    ResponderExcluir
  6. " (...) ao matar a natureza, matam a si mesmo. "
    Que rico esse seu texto floor ;D
    beijos

    ResponderExcluir
  7. Vi seu comentário, que tanto me fez sentir feliz e não aguentei sem não vir te fazer uma visita.

    Sim, pobre de nós humanos que matamos dia após dia o que nos mantém vivos.

    Belo texto e que orgulho por fazer parte da sua história de escritora.

    Abraços carinhosos.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, obrigada pela presença!
      Sou grata a isso porque realmente vc me deu inspiração para dar continuidade ao blog!
      Beijos
      Obrigada mais uma vez

      Excluir
  8. Oi, Moni! Prazer em revê-la sempre tão talentosa e linda. Gosto dos seus textos, e do seu olhar de poeta vagando pelas cidades do mundo. Beijos e até a próxima visita!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo blog,simplesmente fantástico o seu post,a sua forma de escrever..
    Adorei o seu cantinho.rs
    Se quiser da uma passadinha no meu:
    http://comamoremaiscaro.blogspot.com.br/

    grande beijo.sz

    ResponderExcluir
  10. Bom Dia!! Adorei tua visita,
    vim aqui retribuir. Estou te seguindo
    e fique a vontade para me seguir tbm!
    Abraços e volto para te ler devagar...
    Gostei muito do pouco que li...Parabens!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada meus amores! Adoro os comentários e a participação de cada um de vcs!
    Simone e Maay sejam muito bem vindas e voltem sempre!
    Alberto, é sempre um prazer vc por aqui!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. ADOREI SEU BLOG, É MUITO BACANA.
    Gostaria de informar que está rolando um super sorteio de lançamento do blog Sempre Charmosas.

    Aguardamos sua paricipação.

    Boa Sorte.

    Sempre Charmosas
    www.semprecharmosas.com.br
    www.facebook.com/semprecharmosas

    ResponderExcluir
  13. gostei da frase,embaixo da imagem
    achei que o texto transmite bem a ideia de antes quando se tinha a natureza para ajudar....era bem mais fácil sonhar,ser feliz
    adorei:D

    ResponderExcluir
  14. Oi Moni,

    que texto mais encantador *-*

    Que maneira mais linda de mostrar a importancia da natureza.
    Achei fantástico.


    Beijooo
    Além das Palavras (umpoucodemimsm.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  15. amei teu blog... muito mesmo, depois se der da uma olhada no meu... bjs. http://intensevery.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Já estou te seguindo Lary, seu blog é lindo!
    Obrigada a todos!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Passei para desejar um ótimo fim de semana *-* e vê se aparece rsrs

    http://help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. magnífio texto . estou seguindo , se quiser siga-me também *--*

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Um texto profundamente reflexivo!
    Compartilho desse pensamento...
    "e com um triste sorriso sente pena dos seres humanos que ainda não entenderam que ao matar a natureza matam a si lentamente! "

    Mas procuro sempre olhar para as crianças não pensando num futuro ruim que possam vir a ter, mas pensando no poder de transformação que elas têm. Esperança, esperança, muita esperança! E atitude!

    Um ótimo final de semana
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  21. Saudades de vc poetiza, vc esqueceu de avizar ao meu coração d q tiraria uma folga, volte, minha alma fica inquieta sem vc, meu todo parece q anda meio deprimido e sb até meu mundo poético fca assim meio sem poesia qdo sente sua falta e a inspiração? Uau ela gosta tanto de ver e sentir vc lá em casa, vai lá deixa teu aroma, teu xeirinho delicioso, estou assim caprichando cada dia mais para q vc sinta luz e brilho qdo lá chegar, poetiza pra vc bjos, bjos e bjossssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Castanheira,
      Obrigada meu querido amigo, por toda a sua gentileza e carinho comigo! Por nunca me esquecer e sempre trazer essas palavras lindas até mim!
      Já visitei seu blog, e ual! Vc anda inspirado! Parabéns!
      Abraços

      Excluir
  22. Seus escritos estão maravilhosos, fico feliz por tudo o que li, pelos sentimentos que flutuam no meio das estrelas que enfeitam sua página... Lindos!!!

    Obg, doce Moni... é o que tenho a dizer!

    Bjsss

    ResponderExcluir